PRIMEIRA TEORIA

D. Miguel

A primeira remete à família real brasileira, e origina-se na figura de D. Miguel, regente português e filho de D. João VI. D. Miguel assumiu a regência do reino de Portugal com a morte do pai, visto que seu irmão mais velho, D. Pedro I, era o imperador do Brasil. D. Miguel casou-se com a sobrinha, filha do irmão, a usurpou o trono, rompendo o acordo que lhe colocava como regente. Daí surgiu a ideia de que que D. Miguel era alguém que finge uma coisa, mas faz outra.

MIGUÉ [Des] Engajamento e Comunicação no Trabalho - 1 teoria
MIGUÉ [Des] Engajamento e Comunicação no Trabalho - 2 teoria
SEGUNDA TEORIA

Gíria da prisão

A segunda teoria vem de uma gíria surgida no meio penitenciário nos anos 90. O primeiro exemplo de miguelagem, com os significados de ‘falsidade’ e ‘falso’, é em ”Mácula do crime” (1998) de Everaldo Carvalho, um agente penitenciário baiano. Logo no ano seguinte, o termo miguelagem aparece em ”Estação Carandiru” de Dráuzio Varella (1999).

Quer diminuir o migué se comunicando melhor e engajando a sua equipe?

Nós podemos te ajudar